Estrela do Mar

Caminhei pela praia sem destino, estafado depois de uma corrida de jet ski. Estava a anoitecer, por isso ao encontrar uma toalha estendida na areia, não hesitei. Deitei-me e fechei os olhos. Não, não quero adormecer, apenas descansar um pouco antes de regressar a casa.

No meio da sonolência algo me despertou. Parecia um beijo, uma carícia, um mimo. Abro os olhos e vejo uma moça sorridente a olhar para mim. Não sei quem era, que forças me levaram, mas pegou-me pela mão, levantei-me, e dançá-mos, abraçámo-nos…e deitámo-nos na areia…e ela escreveu no céu o seu nome. Tenho a sensação de deja vu…, não de agora. Lembro-me dum navio, uma tempestade, uma praia, um castelo… e alguém a dançar para mim. Não de agora, quem sabe de há 1000 anos, quem sabe duma outra vida.  

De repente os raios de sol tirou-me da minha letargia. A meu lado ninguém. Mas em frente um vulto. Abro melhor os olhos. Um vulto está sentado sobre uma rocha, a encarar o mar, mas não se parece incomodar com as ondas que a atingem. Ao lado uma pequena luz. Já acordado percebo. É uma estátua. Mas não percebo porque por cima dela, ainda lá estão as palavras que a minha sereia escreveu. Estico a mão para lhes tocar e tentar relembrar o que se passou. E ao tocar nelas, uma música entoa no ouvido e faz-me acreditar…

Estrela do Mar

Estrela do Mar

(Music Video 1991
Directed by José F. Pinheiro
Produced by Popoff-Latina Europa, contemporary portuguese music tv show aired 1990/93 on public tv-RTP2)

Numa noite em que o céu tinha um brilho mais forte
E em que o sono parecia disposto a não vir
Fui estender-me na praia, sózinho, ao relento
E ali longe do tempo, acabei por dormir

 

Acordei com o toque suave de um beijo
E uma cara sardenta encheu-me o olhar
Ainda meio a sonhar perguntei-lhe quem era
Ela riu-se e disse baixinho: estrela do mar

“Sou a estrela do mar só a ele obedeço
Só ele me conhece, só ele sabe quem sou
No princípio e no fim
Só a ele sou fiel e é ele quem me protege
Quando alguém quer à força
Ser dono de mim…”

Não sei se era maior o desejo ou o espanto
Só sei que por instantes deixei de pensar
Uma chama invisível incendiou-me o peito
Qualquer coisa impossível fez-me acreditar

Em silêncio trocámos segredos e abraços
Inscrevemos no espaço um novo alfabeto
Já passaram mil anos sobre o nosso encontro
Mas mil anos são pouco ou nada para estrela do mar

“Estrela do mar
Só a ele obedeço
Só ele me conhece, só ele sabe quem sou
No princípio e no fim
Só a ele sou fiel e é ele quem me protege
Quando alguém quer à força
Ser dono de mim…”

e ainda hoje estou para saber que estranho alfabeto era aquele, e o que ela me queria dizer…

Posted in SL. 2 Comments »

2 Responses to “Estrela do Mar”

  1. ElectroescadaS Says:

    …que lindo…😈


Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: