Falsas verdades e as suas implicações

Meus Caros

Há uma comunidade de seres humanos que todos os dias e cada vez em maior número, optam por desde as suas casas conviver de uma forma cada vez menos virtual num metaverso chamado Second Life.
No Second Life tudo o que a nossa imaginação desenha nos sonhos é possível fazer, Universidades usam o Second Life para investigações muito importantes, empresas procuram encontrar nele novos métodos mais funcionais de trabalho, existem organizações que o usam para procurar a Paz, uma vez que a plataforma é a globalização a uma escala mais perfeita e de interajuda entre os povos bem superior aquela que manifestamente encontramos na real life.
O metaverso é ainda para muitos um desconhecido e onde muitas vezes ganha a ignorância do “ouvir dizer” para nos chamar de loucos, de anti-sociais, e o diabo a sete, esperando que da nossa parte não exista reacção até fazer disso uma verdade absoluta que nos encoste a uma qualquer margem de uma sociedade.
Eu assim como outros, temos a coragem de defender o Second Life e o que ele representa, junto do nosso grupo de amigos, nas empresas, nos blogs, damos a cara na comunicação social, defendemos a nossa comunidade em artigos de jornal e transformamos as críticas em pedidos de ajuda, como no caso da petição contra o abuso de crianças que foi agora apresentado ao Sr Presidente. Muitas daquelas assinaturas são as nossas.
Temos projectos, corremos milhares de km, centenas de mails, centenas de horas em telemóvel, milhares de horas dedicadas a mostrar um futuro ao alcançe de todos.
Temos amigos que conhecemos virtualmente e que por força do desejo sempre presente de comunicar pelos pontos em comum e pelas diferenças conhecemos em jantares, almoços, bibliotecas, em cafés, em galerias, em universidades e onde mais nos apetecer e resolvermos rir juntos, comer juntos, ir ao teatro, ao cinema, abordar assuntos da nossa sociedade actual e opinar abertamente e sei e quero que cada vez mais pessoas participem nestes fóruns espontâneos.
Damos o “litro” por isto, dia após dia, pestana queimada atrás de pestana queimada e estamos nisto juntos, somos uma comunidade activa da sociedade Portuguesa.
Quem dá a cara dentro do Second Life e é reconhecido por isso mais do que ninguém deve ter a consciência que existem olhos atentos ao que se faz em todos os seus sentidos, bons e maus e isso não sendo limitador das suas atitudes, deve levar sempre em causa o facto de poder influenciar outros e aquilo que estão a tentar construir de bom ou mau para a nossa comunidade nacional.
Recentemente um membro dessa nossa comunidade no seu blog pessoal, com o propósito de atingir um alvo específico, englobou num todo uma série de eventos e pessoas e não teve em conta esses factores.
O facto de ter referido comentários pouco agradáveis e com uma linguagem grosseira aos encontros real life onde nunca nunca esteve (apesar de muitas vezes convidada) deixou-me deveras perturbado nos últimos dias.
Aliás aproveito mesmo em meu nome pessoal, uma vez que fui sempre um dos impulsionadores destes encontros, para repudiar e desmentir categoricamente essas afirmações, tenho a certeza que não serei o único.
Transcrevo do seu post apenas esta passagem:
“Saía para os tais jantares, que invariavelmente terminavam com gajas e gajos, diferentes ou iguais, a comerem-se por aí nas traseiras dos carros e em quartos alheios.”
Summer wardhani em http://praiadaminhasecondlife.wordpress.com/.
As armas falsas que se dá a quem desconhecendo o Second Life, o crítica, se não desmentidas imediatamente, são mais poderosas porque um dia sem darmos por elas, serão verdades absolutas. Muito mais me custa quando essas armas vêm da nossa comunidade.
Tentei nos últimos dias junto da mesma tentar entender e compreender o que lhe ia na alma, todas as minhas tentativas foram infrutíferas, todas falharam.
Que se entenda uma coisa, critico isto como criticaria qualquer atitude deste tipo fosse de quem fosse.
Como te disse anteriormente Summer não vejas montros onde só existem calmos moinhos de vento, e estarei sempre disposto a tentar entender o que se passa.
Aproveito tambem para vos comunicar que da minha parte não existiu nenhum pedido de encerramento do blog ou outro parecido para com a sua autora, nunca o faria sou um democrata apenas posso gostar ou não, ignorar ou não, sentir ou não o que é escrito.
Eu vou continuar a conviver com toda a gente dentro e fora do SL, a jantar, a almoçar a ir ao teatro e a rir, sempre.
Nos últimos dias estive prestes a deixar tudo, quebrado, abalado por uma pessoa que considero amiga, mas o desejo de estar, de fazer, de sonhar e partilhar sonhos foi mais forte, estarei aqui por vocês desde que vocês o queiram e estejam cá tambem por mim.
O Fado & Saudade continua a ser um sonho.
Portucalis continua a ser a minha casa.
Até já em Portucalis.

Rui Lourenço

AKA Tpglourenco Forcella

29 Responses to “Falsas verdades e as suas implicações”

  1. cat magellan Says:

    Eu gosto sempre das frases nos seus contextos. Essa frase citada no texto começa por (sim, o blog está privado, mas a net é muito grande e há muitas formas de encontrar o que se escreve nos blogs)

    “Falo das outras moitas, as que me trazem à ideia memórias quase insuportáveis de momentos em que me escondia debaixo dos edredons para não dar com a cabeça nas paredes”

    Parece claríssimo que a autora não estaria a referir-se a jantares actuais de SL e sim às suas memórias. Isto dos blogs, há que ler com alguma calma e não ver monstros em todos os posts.

    Beijinhos, tp, como te disse, nada contra o direito de resposta. Estes são apenas os meus dois centavos de opinião como leitora de blogs há muitos anos.

  2. Tpglourenco Forcella Says:

    Sim Cat, sei que es e nao postei todo o post por uma questão de respeito a verdade é que mesmo o titulo das Moitas tem a ver com um encontro RL que aconteceu nesse dia na Moita onde eu estive presente apos ter estado a ver uma peça de teatro exelente feita por jovens actores, e como te disse sou mesmo mais de calmos moinhos de vento.
    Beijinhos Cat, tambem tu tens dado no geta a cara por tudo isto.

  3. Tpglourenco Forcella Says:

    e tenho uma grande dificuldade em acreditar em coincidências mas como tu dizes existem sempre muitas formas de ler as coisas.

  4. Ana Lutetia Says:

    Eu devia ser a última pessoa a comentar aqui e sobre este assunto mas quer-me parecer que saber demais da vida pessoal dos outros em contexto SL dá sempre asneira. E, sirva a carapuça a quem servir, acho que a autora se referia à sua vida pessoal no seu blog pessoal e aí absolutamente ninguém tem o direito de comentar.

  5. Tpglourenco Forcella Says:

    Tambem concordo Ana que querer saber demais da vida pessoal dá asneira, e da mesma forma que se analiza o que se lê tambem se analiza como se escreve, e este post serve mesmo para clarificar esse tipo de confusões que não fazem falta nenhuma a esta comunidade, vale mais ser frontal e desmistificar do que andar pelos cantos e pensar que raio é aquilo dentro e fora das comunidades
    E mais uma vez e no mesmo contexto digo, não é para atacar e é bom mesmo que não se venha para atacar mas sim para se perceber o que os varios sentidos das coisas e a sua interpretação.

  6. Lu Says:

    Mas porque é que voceses z z sendes assim?
    Deixais as intrigas z z e confusões z z para outras comunidades z z!

    SL é grandi, todos z z têm o seu espaço, não vos atropelais z z

    Não era muito mais interessante, saudável, e tudo mais dar-vos-dos todos bem?😀

    Sejam felizes meus amigos z z!😀

  7. Summer Wardhani Says:

    Não vou sucumbir a nenhum impulso. Continuo a achar errado ke não distingam o pessoal do “comunitário”. Continuo a achar errado as manobras todas para me calarem e deixar de gritar o que sinto pelo “vosso amiguinho”. É só com ele que tenho problemas… e graves. Mas como não sabem distinguir e de repente choveram ameaças e chatices de todo o lado, tenho-me calado. Tenho apagado posts, saído de grupos, fechado blogs ao público. O que querem mais ?

    Será caso pra dizer… o que tu queres sei eu ? E o que tu queres, maninho tp… já eu te disse que não vai acontecer. Beijos e amores grandes é o que te desejo❤

    PS – fiquei curiosa. Copiaste os posts antes ou depois de eu fechar o blog ? É que se copiaste depois, eu imagino quem fez o copy/paste (e tudo bem, kerida, não tem problema). Se copiaste antes… quem anda a copiar posts que tão sempre ali à mão de semear – excepto alguém que sabe que o blog vai fechar em breve ?😀

  8. Afro Says:

    Bem, já que este blog é meu, mais vale dizer também perder a hora de almoço para dizer qualquer coisinha. E como os posts em que podia comentar são muitos, mas como disse tempo (e confesso também paciência) poucos, segue aqui (no meu blog, porque não)? os meus dois ou três centavos sobre o assunto.

    E começando pelo fim,

    Summer, compreendo os teus sentimentos, revoltas e a necessidade de gritos. Como todos. Mas na verdade até eu me senti tocada quando passei os olhos sobre um determinado post e entendi lá uma salvo seja “aversão” aos nossos encontros RL. Sim, porque moitas há muitas, mas porquê a necessidade de falar delas logo depois dum encontro numa? Eu pouco tempo tive na Moita, mas comigo esteve um casal simpatíquissimo com uma criança que tinha acabado de conhecer; já para não falar mais numa série de amigos que conheci através do SL e com quem tenho sim, passado dos melhores dias e noites das minhas vidas. E foi em todos nós que pensei quando li as tuas palavras. Sei que nunca foi a tua intenção magoar outros, mas na verdade por arrasto as pessoas acabam por se sentir magoadas. Talvez se tivesses arranjado outro modo de gritar e expressão os teus sentimentos perante o “amiguinho”, isto nunca se tivesse passado. Se a Cat tem razão e derivavam das tuas memórias e não dos jantares aos quais sempre pedi para ires, então se calhar foi um mal entendido mas o timing foi péssimo. Já diria a outras que não há coincidências…ou se as há, nem sempre as percebemos como tal.

    Sobre blogs comunitário ou blog privados. No nosso blog podemos escrever o que quiser, mas se sabemos que é um blog que muitos lêem por n razões, eu mantenho a minha regra de “sensibilidade e bom senso” naquilo que escrevo. E na verdade, quando quero ofender alguém, uso o escárnio (foi criado (também) para isso), ou um post algures, com um link directo para o mail, IM ou blog da pessoa. Felizmente não tem sido necessário.

    E na verdade, este blog, apesar de comunitário, rege-se (regra minha, eu sei) como um privado. É só ver lá em baixo no canto inferior direito “Se fores um amigo Tagus, também podes ser autor neste blog. Podes usá-lo como blog pessoal, e colocar as tuas reflexões, opiniões, críticas… questões e tópicos sobre a(s) tuas vidas(s), os mundos em teu redor.” E os autores que aqui postam sempre tiveram todo o direito de postar sobre o que quiserem. Os comentários nunca foram censurados e estão como autores 29 pessoinhas e respectivos ventriloquos, uns que postam muito, outros que postam pouco, outros que já postaram e outros que nunca postaram e se calhar nunca o farão. Mas poderiam, sempre que quiserem. Sobre o que quiserem, como o quiserem.

    Talvez não o tivesse feito da forma do Tp, mas acreditem que, mais cedo ou mais tarde, iria acabar por dizer a minha opinião sobre o assunto. E o modo como estas coisas magoam a todos.

    Só para acabar antes que não consiga acabar a m****a do PRTR hoje, Cat, acho que eu e a Summer agradecemos muito que nos digas como conseguiste chegar ao resto da frase😛 Se calhar dava jeito mais vezes essas “muitas formas de encontrar o que se escreve nos blogs”…😛

    E já agora, tomem atenção ao meu post seguinte😀.

    Adoro-vos. A todos, sem excepção. Até aos meus inimigos. Prontos, Mais uma delicodocice.

    (Desculpa lá Cat :P)

  9. Afro Says:

    epa….só agora reparei no testamento …😦
    sorrryyyyyy

  10. Tpglourenco Forcella Says:

    Telegraficamente:
    Summer todos tem tentado comunicar contigo.

    Summer como já disse inclusive a ti quero perceber, e ingoro a chavão que só se ajuda quem quer ser ajudado.

    Summer o meu copy e impressão foi feito na manhã em que o vi porque as vezes temos de sentir na mão as palavras que nos deixa incredulos e tristes, (quando o blog era publico) e soube que ias tomar a actitude de o fechar quando tentei dialogar contigo, disse-te que não queria nada disso.

    Lu, linda logo vou-te mostrar umm jardim lindo nem que tenha de o fazer.

  11. Afro Says:

    Tp,
    desculpa a nota, podias arranjar qualquer ocasião para oferecer um jardim lindo à Lu. Mas acho que não é disso que ela está a falar.🙂

  12. TP Says:

    Eu sei Afro , eu sei mas apetece-me voltar rapidamente a fazer coisas giras no SL🙂

  13. Afro Says:

    Eu sei Tp, mas se queres que te diga…deixa-te de tretas de jardins que logo que possa dou-te a lista das coisas giras em que tens de pensar😛. Muito trabalhito pela frente para fazer coisas bonitas😛

  14. Summer Wardhani Says:

    TP – mais beijinhos pra ti, meu mano adorado😀

    Afro – Minha kerida gaja deusa… para te estar a dizer exactamente porque é que aquele post surge com aquele timing exacto, era necessário voltar a falar da minha vida privada. E isso, só o faço no meu blog pessoal😀 (mmm… talvez pedires ao amiguinho pra responder aos meus mails fosse uma boa ajuda para esclarecer timings e isso, hehehe)

    Mas eu percebo ke é fácil tirar assumpções e fazer juízos de valor. E mais fácil ainda, quando não se tem a informação toda.

    Só ke assim é dificil manter o blog privado, gente… andam a aparecer buscas das mais estranhas, lolol. E mesmo com as visitas a um terço, duvido ke akilo tudo provenha dos meus seis leitores lololol

    (já perceberam ke hoje não me conseguem chatear ou ainda não😀 ?)

  15. Blue(Angel) Says:

    Concordo com o discurso da Afro todinho e sem excepção. Não tenho o coração tão grande como da Afro, mas ela é uma Deusa e eu apenas uma Anja, contudo gosto muito de vocês (e sim, Summer, de ti tb, mesmo que não queiras🙂 We will always have Nariz!!!🙂 ) E sim, para todos, a Blue também tem mau feitio e gosta de o ter. É sinal de que está viva e não apática. Quando me pisam os calos reclamo e reclamo com todas as minhas forças.
    Quanto à conversa das moitas tb é preciso contextualizar e além de se referir a um jantar numa terra chamada Moita também está ligada a uma temática de conversa que muito tem animado as noites de todos os Taguenses, mas isso não é para este comentário.

  16. Summer Wardhani Says:

    Sabes Bluezinha… nem toda a gente percebe o que é uma metáfora, fazer o quê ?😀

  17. Blue(Angel) Says:

    Tenho uma grande sorte em saber!!! E tu também!!!🙂

  18. Fokas Says:

    Chegado tarde e a más horas dos Gogol Bordelo, The Hives and Rage against machine…por ser quinta-feira e a minha colega Blue não se poder descolar ao recinto para um cobrir este acontecimento RL, depara o “Correio” com um post delirante que me fez desligar imediatamnete o PC e deitar-me francamente chateado.

    Resolvi pegar no Mário de Carvalho que tinha depositado na mesa de cabeceira…e abandonei a mulher certa a um sono merecido depois de um dia normal de trabalho… mais bifanas, mais cerveja e uns smokes… para ajudar a bater melhor o capacete! Foi muita nice! Só faltou a coragem para ir dormir numa tenda de campismo em Monsanto para relembrar os velhos tempos.

    Mas esta cena não lembra ao menino Jesus…SR. TP! O teu avatar anda mesmo desmiolado…pá!
    Mas tu não conheçes a diferença entre o público e privado? Recomendo a leitura do post da Winter no seu blog pessoal..quando aconselha com o seu bom senso habitual…a ter juízo!
    E como sempre em quase tudo o que ela diz…eu concordo! Arriscas-te a ouvir coisas que não gostas e a levares uma arranhadelas valentes da Bruxa que já sabes que não é mansa! (e muito bem dadas!!!)porque não tens razão absolutamente nenhuma.

    Procurar moldes da vida real para acontecimentos e personagens é ter em muito má conta a imaginação do autor! O Eça…que escrevia mais a matar…um dia respondeu ao Bulhão Pato( sim o gajo das ameijoas, mas que também ganhava a vida a escrever…)e transcrevo no contexto da “coisa”: ” E visto que nada agora pode justificar a permanência do SR. TP no interior do post da Summer, causando-lhe manifesto desconforto e empanturramento – o meu intuíto final com este comentário é apelar para a conhecida cortesia do autor que tantas coisas interessantes já fez pelos seus amigos e por Portucalis, e rogar-lhe o óbséquio extremo de se retirar de dentro do personagem da Summer! Os lesados por equívocos de leitura tem que pedir por pública e humildemente desculpa!

    Aquele abraço!

  19. cat magellan Says:

    E eu insisto que num blog pessoal, que só lê quem quer, o autor escreve tudo aquilo que bem entender e se as pessoas não sabem ler e enfiam carapuças, azareco. Quanto às coincidências, ora que gaita, se eu souber ou ler ou coisa como que alguém foi a teatro na Comuna e isso me lembrar que à porta da Comuna foram esfaqueados duzentos gajos uma noite em que eu estava lá na bilheteira, so what?

    Os blogs pessoais são blogs pessoais. Já me parece do caraças que a autora o tenha fechado para deixar de incomodar os amigos, porque se os *amigos* se incomodam, há aí qualquer coisa de errado nessa amizade toda, mas isso é com ela. Agora não responder lá e depois vir aqui com o armamento todo, francamente.

    Muito sinceramente? Andam todos em cima da Summer de repente. É tudo gente sem mácula e a má é só ela?! Ora batatas. É tão mas tão fácil culpar tudo em cima de uma pessoa.

    Afro, não é “se a Cat tem razão”. É o que lá está escrito, preto no branco. Se se sentiram atingidos, repito, é porque lá sentiram alguma merda nas consciências, ou não, nem sei nem quero saber.

    Se a Summer quiser saber como é que eu cheguei ao blog dela, é só dizer-me. Como é evidente, não vou POSTAR aqui isso.

    Eu, lá está, não vos adoro a todos. Nem sequer vos conheço lá muito bem. Mas injustiças e bodes expiatórios, isso não consigo deixar passar em branco. E era bom que toda a gente comecasse a pensar tudo o que de bom a Summer fez por Portucalis e por uma data de gente. Porque, tal como lhe conheço o lado mau, também sei bem que ela se desfaz pelos amigos.

  20. Fokas Says:

    Malta…entre o almoçito e a bica…sairam mais uma dezena de comentários bem amanhados e as notas do exame de Português… e não é que as miúdas tiveram todas 4s e 5s e eu sou o único gaijo a escrevinhar nesta cena! Os meus parabéns a todas! Não se esqueçam que as matrículas são segunda-feira!O meu pai sempre me disse que o curso de Letras era muito abichanado!

  21. ai é tão bom… « Anitia Loire | desejos de boas vidas… Says:

    […] 11, 2008 às 1:43 pm · Arquivado sob Second Life, vidas anda tudo de candeias às avessas… cheguei tarde… mas… só gostaria de vos dizer a todos… e em particular ao […]

  22. ElectroescadaS Says:

    Então está explicado a tua queda para a escrita Fokas:mrgreen:

  23. Sonya Says:

    Tenho que dizer que concordo plenamente com a Afro e consequentemente com a minha tia linda!😉
    Coincidências não existem, e ainda pergunto mais: porquê só agora a confusão, o post e as críticas? Porque não antes? Porque não logo na altura? Apenas porque antes estavamos bem e agora não?
    Desculpa Summer, nunca tive o prazer de te conhecer pessoalmente, e mesmo inworld penso que nunca falamos muito, mas sempre tive ideia que eras uma mulher que sabia o que queria e de quem sempre me falaram bem e confesso que nos últimos tempos tenho ficado um pouco confusa com o que tenho assistido.
    Quando li o post pensei em não o comentar, mas depois de todos estes comentários não consegui evitar. Sim, já fui a alguns jantares, almoços, cafés, teatros e sinceramente nunca vi nada nem nunca fui protagonista de nada. (ao da moita não fui porque nao me convidaram e essa ficou-me entalada na garganta…mas enfim…)Se era para atingir um ou dois alvos especificos, porquê meter todos no mesmo saco?!
    Os blogues pessoais são o que são… mas também são lidos por muita gente…

    Seja como for, façam o favor de serem felizes sem stresses nem confusões!😉

  24. Summer Wardhani Says:

    Sonya… pk foi agora ke me saíu ? Mas a qq altura tb posso fazer um post sobre o dinheiro ke o gajo me deve e não me paga, ke tal ?😀

  25. Portugal Decosta Says:

    Sera’ que e’ caso para dizer:
    com um ambiente destes ainda bem que apanhei o aviao?

    E’ sempre triste ver amigos desavindos.

    Sera’ que tudo nao passa dum grande mal entendido ou ha’, de facto, mais alguma coisa?

    Nao vou tomar partido, pois nao possuo informacao suficiente.
    E nao tendo acesso a pagina da Winter, para ler o texto original, tambem nao me pronuncio sobre uma frase descontextualizada.

    No entanto, sendo a pagina da Winter lida por, relativamente, poucas pessoas – ha uns meses eu era um deles – parece-me que foi um erro trazer a frase para o Tagus, que e’ lido por muito mais.
    Vou explicar o meu ponto de vista…

    Tp, tal como escreveste, ha sempre pessoas a usarem os argumentos mais baixos para atacarem a SL e quem la vai.
    Quem anda aqui ha mais tempo, sabe que eu, por varias vezes, escrevi comentarios em defesa da SL, em jornais virtuais, como no Expresso ou no PortugalDiario – tu mesmo me elogiaste por eles.
    Nesse sentido percebo a tua linha de argumentacao.
    Porem, o pores tal frase no Tagus, por si so’, tornou-a muitissimo mais visivel, do que era antes.
    Ou seja, acabaste por ampliar aquilo que tu, aparentemente, querias evitar.
    Acho que se pode dizer que “foi pior a emenda do que o soneto”.
    Como se nao bastasse, o teu artigo ainda contribuiu para crispar o ambiente.
    Se calhar ja’ havia crispacao antes.
    Desconheco.
    Quando fui a SL, ha uns dias atras, nao a senti, mas tambem nao tinha de a sentir.

    Tambem se levanta a questao de saber se isto sao assuntos da SL ou da RL.
    Estareis vos a misturar assuntos de 2 universos distintos?
    E se a Summer estivesse a usar um acontecimento, metaforicamente, para se referir a algo da sua historia pessoal? La por esse acontecimento ter sido protagonizado por alguns amigos que se conheceram via SL e que se reuniram na RL, nao quer dizer que a metafora os vise.
    O acontecimento tera’ sido a pedra de toque para a construcao da narrativa, que a Summer, livre e legitimamente, pos na sua pagina.
    Em termos da criacao artistica – e uma narrativa e’ uma criacao artistica -, e’ normal o processamento neuronal recorrer a gatilhos que facam surgir relacoes entre ideias e memorias que produzirao algo de novo.
    Ora parece que o tal encontro produziu isso, na pessoa por detras da Summer.
    Por ultimo, juntando o acima ao que o Fokas escreveu, sera’ que tu Tp, naop estaras a fazer uma confusao de processos narrativos entre a personagem “avatar Summer” e a pessoa por detras dela?

    O meu objectivo nao e’ atirar mais lenha mas apenas a dar algumas pistas para as pessoas pensarem de forma mais calma.
    Se nao o atingi, ao menos, espero nao ter feito pior.

    Beijos as meninas e abracos aos meninos.

  26. Portugal Decosta Says:

    ERRATA

    Como e’ evidente quando escrevi:

    “E nao tendo acesso a pagina da Winter, para ler o texto original, tambem nao me pronuncio sobre uma frase descontextualizada.”

    Deveria estar SUMMER em vez de Winter.

    As minhas desculpas.

    PS Sera que foi aqui do frio e da chuva em Manchester? Ja nem sei a quantas ando!

  27. Portugal Decosta Says:

    Como disse, eu nao tomo partido, logo tenho de considerar a hipotese de confusao entre RL e SL para qualquer dos lados.

    Por isso parece-me justo acrescentar que tambem e’ de considerar a hipotese de seres tu Summer quem esteja a confundir a RL com a SL.

    Summer, eu nem quero pensar nisso, mas se, realmente, o teu texto visava o grupo de amigos que se encontrou e’ lamentavel.
    Mas, espero que tenha sido apenas um erro de interpretacao.

  28. Ana Lutetia Says:

    Questões:
    * Uma pessoa só pode escrever no seu blog pessoal aquilo que os outros querem ler? E eu que julgava que num blog cada um escrevia o que lhe apetecia.
    * É lamentável uma pessoa ser frontal e dizer aquilo que lhe vai na alma? Pessoalmente, não me agradam é pessoas dissimuladas.
    * Porque é que se anda por aqui a discutir a vida pessoal de alguém, aquilo que escreve ou como escreve? Não entendo, a sério, não entendo mesmo.


Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: