As Bolas Novas do TP (publicado no SL Luso a 25 de Março)

Tudo começou com uma proposta inesperada. O TP estava a remodelar o Paradisus e queria que eu fosse trabalhar para lá. Com a generosidade que lhe é característica propôs “Diz-me que bar queres que eu compro-to.” . Com a impaciência que também lhe é característica, comprou o bar sem esperar que eu lhe dissesse. Mas as coisas acabaram por correr bem, mesmo sem indicações minhas o TP comprou um excelente bar que posicionou muitíssimo bem, no centro do Paradisus, com uma decoração impecável. No final apenas tive de lhe pedir que mudasse os bancos, demasiado estáticos.
No dia da inauguração as coisas arrancaram ao abrigo da lei de Murphy. À hora de começar o bar estava sujo, com restos da festa da noite anterior, não era possível mudar o stream e as pessoas que me são mais próximas não estavam in-world (nem o próprio TP), o que ocasionou uma birra monumental. E, meus amigos, não queiram ver a Bartender com birra.
Mas aos poucos, com um ou outro solavanco, a coisa foi-se compondo e a hora das 21 às 22, todas as noites, estabelecendo-se como o ponto de encontro “antes da festa”. Eis senão quando o TP compra umas bolas de dança novas. A ideia é excelente, um pole com uma bola multicolor em cima que quando é tocada gera um par de bolas de dança, que permitem escolher entre várias danças, mudar de dança a meio, tornar a escolha aleatória, bem como o belo do namoro durante as musicas mais lentas, com uns beijinhos e abraços.
As bolas pareciam ideais para quem gosta de uns passos de dança, com a vantagem de darem para vários pares e poderem ser usadas em todo o sim. Devo ainda dizer, em defesa do meu actual empregador, que o TP testou cuidadosamente as danças, em ocasiões separadas e com o auxílio de pelo menos três meninas diferentes. Em todas estas ocasiões as bolas novas do TP estiveram à altura e nenhuma das dançarinas se queixou. Dançaram alegremente, trocaram de dança a meio, sem que a coisa nunca resvalasse para o namoro. Tudo parecia ouro sobre azul.
Ora como Bartender as minhas hipóteses de dançar não são muitas, pelo que, sempre que posso e o convite aparece, não perco a oportunidade de fazer o gosto ao pé. Qual não é o meu espanto quando, logo da primeira vez que testo as ditas bolas, me encontro num curto espaço de tempo em meloso namoro com o meu parceiro, sem que fosse vista nem achada para o caso. Não é que um beijinho de vez em quando não saiba bem e o avatar em questão até era bem agradável à vista, mas não tendo sido avisada perdi parte do beijo, para além que é o bar onde trabalho e havia público presente. As culpas recaíram, como é óbvio, no meu parceiro de dança, que se declarou inocente e, tratando-se de um velho amigo, não tenho grandes razões para duvidar. O facto é que as ditas bolinhas pareciam tomadas de vida própria e em diversas ocasiões pregaram-me a mesma partida. Acabei por decidir que as bolas novas do TP não funcionavam bem e estar muito alerta de cada vez que dançava, pronta para trocar a dança cada vez que a face do parceiro se aproximava demais da minha.
O cúmulo da situação aconteceu há uns dias quando, em plena festa de anos do Freddyx, dou com uma avatar que dançava ao meu lado a ser sofregamente devorada por um tigre. Assustada, grito-lhe um aviso enquanto rodo e câmara e verifico que se trata de um vigoroso beijo e que pelos vistos era contagioso, pois não só todos os pares na pista se beijavam como o meu próprio parceiro, um respeitável avatar de traje formal e por sinal entendido em bolas, se entretinha com a mesma actividade. Mudo rapidamente de dança, salvando a bonita cara da avatar que dançava com o tigre enquanto maldizia as bolas novas do TP.
Como não sou Bartender de meias palavras e o facto é que isto já me aconteceu várias vezes, quase todas com a mesma pessoa, decido confrontar a minha entidade empregadora. E agora chegamos ao âmago da questão. O TP garante que as suas bolas novas funcionam bem. E mais acrescenta que, na noite dos anos do Freddyx, duas meninas confessaram ter manobrado as ditas bolas. Ainda não confrontei as meninas, uma vez que não sei muito bem como lhes hei-de perguntar se manipularam as bolas novas do TP.
Dêem-me a vossa opinião: será que as bolas novas do TP têm defeito? Ou estarão a ser secretamente controladas por outrem? E neste caso, estará o meu parceiro habitual inocente? Por favor, experimentem as bolas novas do TP e digam de vossa justiça.

Advertisements
Posted in SL. 22 Comments »

22 Responses to “As Bolas Novas do TP (publicado no SL Luso a 25 de Março)”

  1. Summer Wardhani Says:

    Pois eu fui vitima na verdade desses ais beijos e abraçados inesperados. O que me salva é que o dito tigre, lobo, whatever até é um kerido e a maior prepocupação era não me estar a arranhar com as garras.

    Mas sim, mano tp… há animaçõezinhas ke melhor deixar ao livre arbítrio das pessoas, pk de repente é embaraçoso darmos por nós assim nos braços de um amigo – ainda que se trate de um grande e verdadeiro amigo… em situações menos apropriadas. Ainda por cima com paparazzis e afins por perto, depois ainda levo com o rolo da massa em cima e digo o kê… ke a culpa (pra variar) é do mano tp ??? LOLOL

  2. Ofland Says:

    Como o mal é geral, também eu não me envergonho de confessar que já experimentei as bolas do Tp.

    Comigo, os tais “defeitos” parecem não ter acontecido, ou então não reparei em tão pecaminoso devaneio.

    Houve, na verdade, alguém que me largou sem dizer ai nem ui após 13 seg. de dança. Terá sido por isso? Não me parece. A minha efémera solidão foi imediatamente ultrapassada pelo “chega à frente” da amiga June, e essa não se queixou de qualquer avanço inapropriado, avanço esse que é muito dificil de suster, dada a Avatar em questão! 🙂

    Finalmente, quero dizer que o Bar do Paradisus é, para mim e neste momento, o melhor spot de Portucalis.

    Está-se bem, com a Elora!

  3. Margarita Says:

    Eu confesso! Tal como a Elora, fui surpreendida por um demorado beijo do meu gajo ainda antes de começarmos a dançar. E, como a minha curiosidade é doentia, lá fui eu espreitar o menu das ditas bolas, aproveitando para trocar de vez em quando de acordo com o que a música pedia. Com o avançar da noite, e eu juro que foi só uma vez, não resisti a experimentar o abraço e, claro, assim que pude, cliquei nas ditas para repetir o beijo. Acho que foi aí que o dito se propagou aos restantes dançarinos. Mas eu garanto que só cliquei uma vez e pouco antes de sair da festa.

  4. Sunflower Says:

    hum…. ainda bem q isto é um blog de respeito… lol… senao poderia ser complicado explicar as pessoas q estamos a discursar acerca das “bolas do tp” bem enfim… mentes pecaminosas… 😛

  5. ElectroescadaS Says:

    Eh lá…

    Bolinhas para maiores de 18 anos aka 30 dias???

    Bem que tinha achado que esse bar tinha muitas pitas…

    Cá pra mim zuca zuca.. 😀

  6. Margarita Says:

    Também há bolas zuca zuca? E o que é zuca zuca?

  7. Sonya Says:

    Ai el…só tu para me fazeres rir depois dum dia inteiro agarrada aos livros na Biblioteca Nacional… enfim…
    Bolas zuca zuca é giro…mas também há disso no Paradisus? eu não sei…
    Como ainda não experimentei as novas bolas do TP (isto dito assim fica um cadito estranho, mas pronto) não te sei dizer se elas funcionam bem ou não… mas imagino que só precisam que se saiba trabalhar com elas! hehe

  8. Blue(Angel) Says:

    Pois eu, como anja respeitada que sou, ainda não experimentei as bolas do TP. Raios partam a RL ocupada do meu par de dança. 🙂 Um dia destes talvez possa opinar, mas agora fico com a opinião da mana e das amigas e para mim é suficiente e credível. 🙂

  9. tp Says:

    Pronto acabei de decidir vou carregar as bolas ainda com mais animações.

  10. ElectroescadaS Says:

    Para mim é sem açúcar…

  11. Um respeitável avatar de traje formal e por sinal entendido em bolas Says:

    Como entendido que sou/serei na matéria em causa, até ia opinar sobre este assunto, tão redondo e animado, que suscitou as mais diversas reacções, principalmente das belas Avataras que frequentavam o Paradisus naquela noite.
    (Tanto quanto percebi, houve quem não tecesse queixume algum!)
    Mas após ler a promessa do TP, creio ser melhor aguardar para ver as novas animações.
    Fico pois a aguardar que a minha parceira de dança naquela noite não se importe de ser convidada para uma nova dança nas (futuramente) ainda mais carregadas e animadas bolas do TP. 😉

  12. Sonya Says:

    Bem…bolas com mais animações?! ainda fico mais triste por ninguém me convidar p dançar…. :(((((((

  13. Freddyx Menges Says:

    Quanto ás bolas do TP (maldita lingua portuguesa) a única coisa posso dizer é que no meu dia de anos fui vitima desses beijos, eu sofri um ataque por parte da Mermaid (ela fez-me uma autêntica lavagem ao estômago, ainda por cima o beijo sabia a percebes e burriés), mas eu acho que ela estava a controlar a bola, e eu que até sou muito inocente, ou será indegente? Mas é só uma suposição pois não tenho a certeza, só desconfiança.

  14. tp Says:

    vou clarificar a questão via youtube.

  15. ElectroescadaS Says:

    Ainda algum cantor “pimba” vai fazer uma versão mixada das “bolas do TP” :mrgreen:

  16. Afro Says:

    Bem, já disse noutro sítio, tudo o que tinha a dizer sobre as bolas do Tp. Mas vou aproveitar a oportunidade para falar das “Bolas da Afro”. Tenciono em breve organizar uma festa de angariação de fundos para levar o sistema de bolas do Tp, actualmente existente no sim de Portucalis, para o sim de Portucalis II. Para quem não sabe o dito consiste num sistema central que é comprado (por 1400L + mão de obra + as bolas com que vai ser carregado, que não são baratas mas já tenho umas quantas) e que serve para todo o sim, podendo ser “replicados” dispensadores de bolas em todas as casas, casotas e skyboxes…desde O Tagus Beach à vossa casa (basta quererem). 🙂 Por isso logo que possa vou deixar no Tagus, junto ao bar, uma caixa de donativos SÓ para as “Bolas da Afro” e que lá irá manter-se até ser organizada uma festa em grande para contabilizar o “Saldo” final. O “Saldo” desta Donation Box vai SERvir exclusivamente para o sistema e se sobrar guito, para comprar bolas “das boazitas” (quanto mais, melhor). Por isso residentes e amigos de Portucalis II que possam querer servir-se das Bolas da Afro…já sabem que podem começar a poupar :)!

  17. ElectroescadaS Says:

    Bem uma Deusa com bolas???

    Ainda terás de provar a sexualidade da tua “coisa”
    quer dizer, avatar… 😈

  18. Freddyx Menges Says:

    AfroDeusa, eu empresto gentilmente as minhas bolas ao Tagus, é só dizer quando quizer.
    Ao dispôr de Sua Excelência , este humilde servidor.

  19. Afro Says:

    Hum…não desdizendo das tuas bolas Fred… mas… são iguais às do Tp?
    Se sim, claro que estou interessada. Se não, sempre podemos juntar as tuas às minhas… e fazemos uma órgia de bolas… 😉

  20. Freddyx Menges Says:

    Órgias???
    Uiii, adoro sexo a granel,hehehehe.
    Vou lá pôr as minhas bolas então.

  21. Summer Wardhani Says:

    Vai haver jogo da bola ? Solteiros contra casados ? Gajas contra gajos ? Posso ser cheerleader ? :DD

  22. Afro Says:

    “AS BOLAS DA AFRO – DONATE FOR DANCING BALLS FOR PORTUCALIS II”

    Já está no sitio… 🙂

    Fred, junta aS tuas bolas. Quando fizermos a festa final fazemos a orgia de bolas.

    ps.mandei um notice pr o Tagus e já tivemos a primeira doação!!! :DDDDDD

    ps2. e depois vou agradecer publicamente a todos k colaborarem 😉


Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: