A Second Life é mesmo ” NO LIFE AT ALL “?

De um modo errante, noite após noite, entro, aterro, perco meia hora a mandar umas bocas em chat de grupos, a responder a ims de conhecidos e amigos, e de repente sou confrontado com a dúvida ” o que fazer? “; e as respostas estão à mão de semear, rambóia com os amigos, dançar, falar e brincar; conhecer pessoas novas in world; trabalhar, construir, desenvolver; projectar negócio e gerar dinheiro real; acompanhar eventos.

Mas o que é a Second Life? Friamente? Aqui vai:

Não tem nada de interessante para fazer, para conversar ou assistir. Limita-se a ser um repositório de bugigangas para vender lá colocados por pessoas que perseguem e chateiam os restantes utilizadores incentivando-os ao consumo pelo consumo. Comprar lixo. Como diriam os nossos amigos brasileiros “O Second Life parece uma festa brega levada a sério”. Sou tentado a concordar com eles.

A Second Life revela-se uma penosa experiência de paciência e tédio. Primeiro, por muita banda larga que se tenha, o mundo virtual é lento a carregar. Fica-se sempre com a sensação de que se dermos mais que 3 passos numa direcção ficaremos 30 segundos parados à espera que o cenário apareça. Segundo, onde estão os eventos, as multidões? É sabido que tal como está, cada zona da SL não pode ter mais de 100 utilizadores em simultâneo, ou seja… as multidões serão no máximo um ajuntamento. Resultado, andamos todos muito dispersos… mas mesmo assim é difícil encontra um café cheio.

Técnicamente tem um muito fraco suporte de hardware e tem alguns bugs irritantes (colisão de objectos por exemplo).

O modelo económico é uma anedota americanizada em que em principio e idealmente deves pagar bem por tudo que usas e por boa parte daquilo que fazes na SL. Para fazer um pouco de $$ virtual ou perdes uma boa parte do teu tempo real a fazer idiotices, ou gastas o teu $$ real… novamente em idiotices.

A SL tenta misturar VR com redes sociais, mas o resultado é muito bizarro e na realidade não é muito mais que uma rede de encontros virtuais para aqueles que nem sequer têm ” first life “. Como rede social, não se sai dos encontros virtuais porque 90% dos utilizadores não conseguem descobrir outra utilidade naquilo. Verdade seja dita, não existe outra utilidade nisso para alem do chat virtual que a SL é. Muito embelezado sem duvida mas apenas um chat. Pra mim a SL não passa dum gigantesco sistema “eMatch” onde o sexo entre avatares é mais importante do que uma experiência social… E depois vemos pessoas que dão tanta ênfase a esse facto dizer que são felizes na vida real, com relacionamentos seguros, etc… I tend to… don’t believe it!

Face the facts man .. you’re getting old!

Terei dito alguma mentira? Julgo que não. Mas não consigo viver sem a conexão diária, nem que seja por breves instantes, somente por um facto, reencontrar alguns amigos, inicialmente virtuais, actualmente reais. Mas que me faz pensar assustadoramente, faz!; pode-se sentir uma certa insanidade mental no dia a dia seliano.

Muitos especialistas admitem a hipótese de que o próximo passo seja que vendas reais aconteçam na Second Life, de outro modo a plataforma poderá degenerar num grave meandro de problemas sociais in world e out world.  Em outras palavras, o nosso avatar pode entrar na loja virtual da Nike, comprar um par de ténis em lindens, e esperar uma semana para que o ténis de verdade chegue via correio na sua casa de verdade, na vida real. Assim poderão ser potenciados veículos de sã convivência social e económica numa plataforma moribunda, apesar da negação generalista.

Pergunto-Vos, sinceramente, não se sentem desgastados, cada vez com mais frequência na Vossa vida na plataforma?

PS: Os meus agradecimentos na elaboração deste texto a outros que comungam da mesma opinião, a Julia Layton, o Diogo, o Alex, a Levi Figueira e outros.

Posted in SL. 4 Comments »

4 Responses to “A Second Life é mesmo ” NO LIFE AT ALL “?”

  1. Fokas Says:

    Piedro,

    Estava eu numa de poemas e vens logo tu com uma conversa de cigano!
    O Barack Obama também é americano pá! Alguma vez o viste a beijar a Margarida? (porrr..a Hillary…que lapso freudiano…desculpa)
    E tu sabes que parentesco existe entre os sobrinhos do Pato Donald?
    Agora também queres descobrir porque é que os gatos brincam?
    “Keep in searching for a heart fo gold!….”
    Velha está a tua prima Gigi!

  2. ElectroescadaS Says:

    Muitas vezes dá-me vontade de desinstalar isto mas o SL tem sido espectacular no sentido que os avatares que encontro pela frente são representações de pessoas reais…

    E se eu tenho jogos espectaculares que podiam ser jogados online muito mais interessantes que esta porcaria…

    Maldita droga…

  3. pedroferreira Says:

    Concordo com tudo o que diseste Electroescadas🙂

  4. ElectroescadaS Says:

    E o curioso é que desta vez vou deixar de perder tempo nisto (de vez)…


Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: