PETIÇÃO – ABUSO SEXUAL DE CRIANCAS

peticao-abuso-sexual-menores.jpgpeticao4.jpgpeticao2.jpgpeticao1.jpg

“Olá.

Este aviso é a resposta a um repto que me foi lançado por um leitor do Expresso Online, que criticou a exposição que foi dada uma notícia do SL no expresso online do dia de Natal.

“Afro, se pudesse em SL dar publicidade a isto, ficava-lhe profunda, mas profundamente agradecido
http://www.petitiononline.com/criancas/petition.html
Faltam ca. 1500 assinaturas para que esta petição possa obrigar a Assembleia da República a discutir o assunto. É sobre o abuso sexual de crianças. ”

Para provar que:
– não se guardam ressentimentos;
– que no SL se fazem coisas lindas, de entre os quais as melhores são aquelas que se conseguem pela amizade e entreajuda;
– que o SL pode ajudar a construir um futuro melhor.

Toda a conversa encontra-se neste link do expresso:

 http://clix.expresso.pt/gen.pl?p=stories&op=view&fokey=ex.stories/200447
 
Se quiserem comentar esta iniciativa, podem procurar o blog  https://tagus.wordpress.com/, onde se encontra descrito o respectivo post.

GOSTARIA QUE TODOS OS QUE SE INTERESSAREM:

– Assinem a petição;
– Ajudem na divulgação, usem o placard e/ou modifiquem-no ” a gosto”; colocando-o na vossa land e/o distribuindo pelos respectivos grupos.
– Pedindo aos amigos e landowners que conhecem, que ajudem na divulgação.
– Ajudem a não guardar ressentimentos contra pessoas que, apesar de não partilhar a nossa opinião, acabam por admitir que também erram.

Eu fi-lo. Agora “passo a bola” aos meus amigos.

Jinhos grandes a todos

Afrodite Ewry”

Nota: O aviso e os locais onde tenho “autoridade” para o colocar encontram-se nas fotos acima (os meus sítios). A todos os meus amigos que passam por este blog gostaria imenso que participassem na iniciativa. Em breve envio a todos os elementos do meu grupo (Tagus) o respectivo aviso, para que possam divulgar do mesmo modo: enviando para os respectivos grupos, e colocando um (ou mais) exemplares nas respectivas lands.   

O placard é Full perm, por isso pode ser transferido, alterado, copiado à vontade. Até pode nem ser usado. O que conta é a ideia e não o objecto em si.

Obrigado a todos.

20 Responses to “PETIÇÃO – ABUSO SEXUAL DE CRIANCAS”

  1. Elora Says:

    Já está! E se o referido senhor quiser vir conhecer o SL eu ofereço-me para lhe mostrar as vistas. Depois poderá falar.

  2. Margarita Says:

    SL-ENTE iniciativa, Afro e sr. XC.

  3. Blue(Angel) Says:

    Eu também mostro ao Sr. algumasd vistas bem giras do SL. Na família Lungu há uma gtradição de bem receber!!! Já assinei.

  4. Blue(Angel) Says:

    (ai desculpe, são as pressas como muito bem diz) era “algumas” e “tradição”

  5. M2life Paravane Says:

    O placard já está exposto nas ‘Realidades Paralelas’ em Portucalis.

  6. portugaldecosta Says:

    Nao queria ser desmancha prazeres…

    Mas a peticao NAO TEM VALOR LEGAL.

    LEI DA PETICAO
    Original: http://www.verbojuridico.net/legisl/outros/dto_peticao.html

    Actualizacao: http://dre.pt/pdf1sdip/2007/08/16300/0567305680.PDF

    Lei n.º 45/2007
    de 24 de Agosto
    Terceira alteração à Lei n.º 43/90, de 10 de Agosto (exercício
    do direito de petição), alterada pelas Leis n.os 6/93,
    de 1 de Março, e 15/2003, de 4 de Junho

    Artigo 9.º
    2 — A petição, a representação, a reclamação e a
    queixa devem, porém, ser reduzidas a ESCRITO, podendo
    ser em linguagem braille, e devidamente ASSINADAS pelos
    titulares, ou por outrem a seu rogo, se aqueles não souberem
    ou não puderem assinar.

    Artigo 15.º
    Tramitação das petições dirigidas à Assembleia da República
    1 — As petições dirigidas à Assembleia da República
    são endereçadas ao Presidente da Assembleia
    da República e apreciadas pelas comissões
    competentes em razão da matéria ou por comissão
    especialmente constituída para o efeito, que poderá
    ouvir aquelas, e pelo Plenário, nos casos previstos
    no artigo 20.º
    2 — O registo e numeração das petições é feito pelos
    serviços competentes.
    3 — Recebida a petição, a comissão parlamentar
    competente toma conhecimento do objecto da mesma,
    delibera sobre a sua admissão, com base na nota de
    admissibilidade elaborada pelos serviços parlamentares,
    nomeia o Deputado relator e aprecia, nomeadamente:
    a) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .
    b) Se foram observados os requisitos de forma mencionados
    no artigo 9.º;
    c) As entidades às quais devem ser imediatamente
    solicitadas informações.

    Ora, a peticao carece de assinaturas e esta, erradamente, dirigida ao Presidente da Republica.

    A peticao sera liminarmente rejeitada por razoes formais.

    Boas intencoes nao chegam…

  7. Afro Says:

    Portugal, acabei de te responder no post que colocaste sobre o mesmo assunto (https://tagus.wordpress.com/2007/12/30/cuidado-com-as-peticoes-de-boas-intencoes-esta-o-inferno-cheio/).
    Sff. que os comentários aqui se cinjam aos a aspectos relativos com a petição e/ou abuso de menores e não aos respectivos pormenores legais.

  8. portugaldecosta Says:

    “Sff. que os comentários aqui se cinjam aos a aspectos relativos com a petição e/ou abuso de menores e não aos respectivos pormenores legais.”

    Afro, uma peticao e uma questao legal e os pormenores legais sao “aspectos relativos com a petição”.

    Mas mesmo que o nao fossem, por que razao nao posso falar das questoes legais?
    Sao estas que tornam valida ou nao a peticao!
    Nao ha questoes mais importantes para isso!

    De qualquer forma, so estou a advertir as pessoas!
    Ja nao se pode fazer isso aqui?

  9. portugaldecosta Says:

    Afro, estou particularmente decepcionado com a tua reaccao…

    Lembro-te que estou com falta de tempo para estar por aqui a escrevinhar.
    No entanto, quis estar por dentro quer desta questao da peticao quer da do Expresso, tendo consumido bastante tempo nisso – a Blue disse a noite inteira, nem tanto mas quase.
    Depois de verificar o que se passava, nao podia deixar de avisar os meus amigos do engano da peticao e tambem me preparava para escrever uma resposta ao comentador do Expresso.
    Perante a tua reaccao acho que vou dispensar aquela resposta. Ainda por cima ela exige uma certa elaboracao.
    Para que dedicar-me a algo, sacrificando o meu precioso e escasso tempo, que depois ainda sera mal visto por alguem que eu estimo?

    Farei um esclarecimento final sobre a peticao e depois remeter-me-ei ao silencio.

    Adeus afro e ate sempre amigos…

  10. Curiosa Says:

    A Petição em Prol das Crianças Vítimas de Crimes Sexuais é válida, porque a lei não especifica a quem se deve dirigir para que seja publicada e debatida na AR.

    Um das funções do PR (constante no site oficial do PR assim como da constituição) é dirigir-se à AR, quando houver motivo que o justifique. Independentemente da Petição ser entregue ao PR, os signatários podem enviá-la c/c as outros órgãos, como por exemplo a AR.

    Se porventura forem anuladas as assinaturas online, a Petição elaborada recentemente por Paulo Portas é anulada, sendo retirada de estudo e debate, na medida em que ambas as petições se encontram alojadas no mesmo dominio e requerem os mesmos dados – de referir que Paulo Portas foi recebido ministerialmente para entregar a sua Petição.

    Antes da Petição em Prol das Crianças Vítimas de Crimes Sexuais ser lançada, a lei foi analisada e consultadas outras petições que recolheram também assinaturas onlone e que foram aceites.

    A Petição já conta com 8000 assinaturas, sendo 5300 por forma manuscrita.

    Remeteu-se carta ao PR, informando da Petição e solicitando uma audiência para a sua entrega. A carta foi recebida no Palácio de Belem a 8 de Janeiro, estando a primeira signatária (Maria Clara Sottomayor)a aguardar uma resposta.

    A todos os aderem e divulgam esta causa, muito obrigada.

  11. Curiosa Says:

    Os crimes de abuso sexual de crianças, de acordo com estatísticas de organizações internacionais e de Inglaterra, atingem cerca de 25 % das crianças. Calcula-se que uma em cada quatro crianças do sexo feminino e uma em cada sete do sexo masculino, foi vítima de abuso sexual, pelo menos, uma vez na vida, embora a maioria o seja de forma continuada. Cerca de 80% a 90% dos casos conhecidos são praticados por familiares próximos das crianças, sobretudo, pai ou padrasto, ou por pessoas encarregadas de cuidar das crianças. Trata-se de um fenómeno epidémico da sociedade, que tem sido considerado a escravatura dos tempos modernos. Os danos psicológicos causados às vítimas ficam para sempre gravados nas suas mentes, alterando de forma irreversível o seu equilíbrio bio-psico-social. Os danos provocados por estes crimes não são, apenas, individuais, mas prejudicam toda a sociedade, cujo desenvolvimento e progresso fica comprometido, devido ao enorme sofrimento vivido em silêncio, por uma parte muito elevada da população.

  12. Curiosa Says:

    Sobre o Second Life pouco entendo, oiço diversos comentários, mas nunca me aventurei.

    Pelo que me foi dado a conhecer tem uma grande amplitude, e o facto de divulgarem lá a Petição deixa-nos imensamente gratos.

    Muito abrigada pela iniciativa.

  13. Curiosa Says:

    A Petição, finalmente, começa a ser divulgada pela Comunicação Social.

    É provável que venha a ser referido a sua divulgação no Second Life.

    Pedimos aos autores, para que vos seja dado os créditos da vossa iniciativa, assim como os dados da localização no SL, que entrem em contacto para:
    emdefesadascriancas@gmail.com
    ou
    comadrescompadres.sa@gmail.com

  14. Afro Says:

    Obrigada pelas palavras, e por informar do ponto de situação desta iniciativa. Foi algo em que me envolvi pessoalmente e espero que tenha contríbuido de algum modo para a sua divulgação. Quanto à participação e divulgação no Second Life, as ilhas ou locais que, ao meu conhecimento, aderiram à iniciativa, através da colocação do placard, foram, além dos locais das fotos acima (Tagus Club e Ilha Avapark), a ilha de Portucalis e a Ilha de Portugal Lisboa, dois dos (se não os) maiores pontos de referência da comunidade portuguesa no Second Life.

    Aproveito para agradecer a todos que assinaram e suportaram esta iniciativa no SL, e especialmente à Winter, Marga e Tpglourenço, que divulgaram os placards em Portucalis, e à Violeta, que o divulgou em Portugal-Lisboa, e o distribuiu por todos os elementos por Portugal Group.

    Se alguém mais tiver colocado o respectivo placard na land, agradecia que me enviassem uma foto para o “álbum”, in-world para Afrodite Ewry ou para o mail afrodite_ewry@hotmail.com.

    Curiosa: o Second Life é usado pelas mais variadas pessoas, com personalidades diferentes, em todo o mundo. Portugal disseram-me ser um dos países com maior crescimento da população do SL. Muitos residentes envolvem-se em projectos, nacionais e internacionais, que a grande maioria dos portugueses e residentes não ousa imaginar.
    Eu aconselho a todos a experimentar, nem que seja uns dias, para “perceberem” a dimensão de tal mundo. Convido-a a registar-se e conhecer este nosso mundo virtual. Se o fizer contacte-me que terei todo o gosto em ajudá-la a ambientar-se, uma vez que o processo de adaptação nem sempre é fácil.

    Um bem haja a todos. As crianças merecem.

  15. Curiosa Says:

    Afro,

    Obrigada pelo convite, quando me registar não hesitarei em entrar em contacto consigo.

    A si e a todos que aderem e se empenham nesta causa, muito obrigada.

  16. Fokas Says:

    Tenho acompanhado esta causa com muita atenção apesar de não ter contribuído com nenhum comentário, porque achei que o não devia fazer…O assunto era claro! E fico muito contente que a SL e os meus amigos do “Tagus” e de “Portucalis”, se tenham empenhado com unhas e dentes, em assuntos sérios e graves, infelizmente descuidados, da RL portuguesa. Um abraço especial para a Afro que tem sido um exemplo de uma mulher, que tem dado a cara sem hesitações e sem medos, do que pode ser a participação cívica desta nova geração “em mares nunca dantes navegados”. Fico muito contente por estar aqui convosco!

  17. Fokas Says:

    Tão contente que estava que deu esta merd… quando estava a corrigir um erro de português..

  18. Afro Says:

    Acho que vou apagar o 1º comment😉 … mas o resto deixo😛

  19. Afro Says:

    Bem… era para não dizer mais nada, mas depois de receber um link (obrigada tp ;))… aqui fica a divulgação da respectiva campanha :):

    Artigo no Jornal A Verdade, de Marco de Canaveses:

    http://www.averdade.com/index.php?mCAT=6&aID=1304

    Vídeo com reportagem:

    “Vídeo País – RTPn
    2008-01-20 13:50:04
    Condenados por pedofilia não cumprem pena
    Mais de metade dos condenados por pedofilia não cumpre pena.

    As estatísticas da justiça fizeram com que uma especialista em direito da criança lançasse uma petição on-line dirigida ao Presidente da República.

    http://ww1.rtp.pt/noticias/index.php?headline=98&visual=25&article=321041&tema=27
    (mail enviado)

  20. Coisas Boas no SL « Tagus Friends Weblog Says:

    […] Posts O QUE SERÁ ISTO?Get a Third life, the 2nd SUCKSO LabirintoPETIÇÃO – ABUSO SEXUAL DE CRIANCAS… but the memory […]


Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: