Baralhar e dar de novo

Caro Fokas:

Estou desesperada e já não sei a quem recorrer. Pode parecer paranóia mas sinto as minhas horas vigiadas, os meus caminhos repisados, os meus olhares desviados. O ambiente em Laguna parece perder a vivacidade que lhe é característica e os roxos e laranjas da decoração empalidecem e debotam à medida que a ansiedade vai roubando ar ao meu peito.

Tudo começou no dia do Baile do Caneco. Foi um dia em que o Frio parecia dominar Laguna e por entre o despe do aniversário da Blue e o veste para o baile, a minha atenção espalhava-se pela praia, saltitando entre os clientes habituais que entravam e saiam, misturados com os peeps do costume. Um avatar desconhecido, com nome de agente secreto aproximou-se de mim e desatou a elogiar-me a forma como se sofresse de miopia aguda. Só o que me faltava para completar o caos em que giravam os meus pensamentos, pensava eu enquanto geria a troca de línguas, entre voice e texto, e revolvia o inventário à procura dos sapatos perfeitos.

No meio da confusão que dominava o bar, recebo uma mensagem que diz apenas: “Isto combina com o teu vestido.”, acompanhado de um ficheiro. Abro o ficheiro e verifico conter um conjunto completo de jóias de um designer famoso, Random Calliope. Respondo rapidamente ao IM: “Quem és tu?”. E recebo como resposta: “O meu alt conhece-te…”

Procurei visualizar o avatar em questão… Tratava-se de um homem, alto, moreno e vestido com um smoking irrepreensível. AnTonis Tereshchenko de seu nome. Encontrava-se acompanhado por uma mulher alta e linda, loura, vestida com um enorme casaco de peles branco e que, no momento em que olho, se eclipsa em pleno ar. Espera, gritei enquanto o vejo desaparecer também.

Recorro ao perfil que, como de certeza já verificaste, não diz absolutamente nada. Envio-lhe outra mensagem, já completamente à nora: “Mas porque é que me deste isto?” e recebo como resposta: “Pergunta ao Nuno.” “Qual Nuno?” escrevo freneticamente, a conter a respiração. O meu irmão Nuno, que tinha acabado de sair do bar, andava estranho já há uns dias e o meu coração batia mais depressa com a ideia de que o meu irmão pudesse estar metido em sarilhos.

Second Life: User not online – message will be stored and delivered later.” Veio a mensagem de resposta. Não voltei a ver o dito AnTonis, não responde às minhas mensagens, nem ao meu pedido de amizade e nunca aparece no search como estando on-line. Quanto ao meu irmão Nuno, seguiu o mesmo caminho. Desde esse dia nunca mais o vi, deixou de responder às minhas mensagens e de frequentar o bar. No dia dos anos dele, dois dias depois, furiosa com a falta de respostas, apaguei-o da minha lista. Eu sei que foi um erro, mas estava cansada de vê-lo a entrar e a sair sem nunca me responder… Agora nem sequer sei quando está on-line. Estou preocupadíssima e só tu me podes ajudar. Eu sei que tens contactos dentro do Liden Lab que te podem dar mais informações sobre o dito AnTonis. Quem é o alt dele que me conhece? Sei também que andas metido com uma miúda que está à frente do departamento da Polícia Judiciária no SL. E sei que foste tu que despoletaste os acontecimentos que levaram a que, há uns dias atrás, fosse encontrada uma loura nua numa piscina em Laguna. Por tudo isto sei que apenas tu me podes ajudar. Conto contigo,

Elora.

Posted in SL. 6 Comments »

6 Responses to “Baralhar e dar de novo”

  1. Fokas Says:

    Elora,

    Depois de ler o teu pedido de ajuda urgente, meti-me imediatamente em campo. Tenho a confirmação que o AnTonis efectivamente já consta nos ficheiros e que domina vários bares na SL. Como tu sabes, essa malta é das mais dificeis de controlar.Temo que o teu irmão Nuno tenha feito alguns disparates e que esteja algures na SL. Mas para teu sossego, alguém esteve com ele na semana passada e ele sabe a senha. O problema maior é recuperar o disco rígido com a informação dos teus dados pessoais que poderá estar em mãos menos próprias.Para já evita apenas frequentar cabeleireiros manhosos e muito menos jantares em restaurantes chineses. O teu dossier pode ser complicado por seres empresária da noite mas o “Ja” para já não bardinou. Vou-te mantendo ao corrente dos desenvolvimentos logo que tenha mais novidades. A pikena que tu falas detem de facto alguma informação confidencial e conhece muito vadio que anda por aí. O teu irmão ontem já foi avisado, ele sabe se falar demais tem os dias contados e acho que não é gajo para ver a casa a arder. A loura que tu viste nua não era quem pensas mas uma agente nossa infiltrada…estava lá para ver se o AnTonis xibava e foi ideia do Nuno. Não queria que fosses de maneira nenhuma envolvida nesta operação, mas a vida é como ela é. Toma um Kompensan e não penses que és a única vítima envolvida em casos de sedução virtual! Olho míssel, cara linda!
    Desculpa este comentário tão breve mas tenho assuntos graves a tratar!

  2. Blue(Angel) Says:

    Curioso, esse teu irmão que também foi meu e deixou de o ser antes de deixar de ser teu também me desapareceu lol

  3. ElectroescadaS Says:

    Mas que grande telenovela…🙂

  4. Othelo Ayres Says:

    Isto dá assunto para mais uma novela…

    Fokas, bamos fazer uma joint venture?

  5. pedrofpetrov Says:

    Epá o artistinha tb pode entrar em acção!

  6. Baralhar e dar de novo « As Nossas Crónicas Says:

    […] foi o “mote” para aquela que considero a 2ºs novela do blog de amigos do Tagus. A partir daí desencadeou-se tanta criatividade, que começou-se a sentir a necessidade de, à […]


Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: