O significado duma Deusa – mitos e verdades

Pois é amigos… mto se tem falado aqui e no SL de deuses e deusas. Pois não querendo tirar o romantismo da coisa, decidi cuscar “árvore genealógica e relacional” da deusa Afrodite. E em parte compará-la com a Afro (a equivalente deusa portuguesa do SL).

AFRODITE

“Na mitologia grega a deusa Afrodite simbolizava a beleza e a paixão sexual. Mas para os romanos, que lhe davam o nome de Vénus, ela era originalmente a divindade dos jardins e do crescimento, e só mais tarde foi identificada com a deusa grega do amor. Segundo o poeta grego Hesíodo, que viveu provavelmente no século 8 a.C. e escreveu a Teogonia, coletânea das lendas mais antigas sobre o nascimento e feito dos deuses, Cronos, filho de Urano, mutilou o pai e jogou os seus órgãos genitais no mar, perto da ilha de Chipre, tendo Afrodite nascido da espuma (aphros, em grego) assim formada, e dentro de uma madrepérola (Já nasceu adulta… como alguns sabem, e é uma “filha? do mar”). Já para Homero, ela seria filha de Zeus (😀 o paizinho, apesar de um ano mais novo, já é um óptimo pai!)  e Dionéia, sua consorte em Dodona (cidade do monte Tomaro, no antigo Epiro, nordeste da Grécia, e antigo centro de adoração dos pelasgos, primitivos habitantes das terras gregas e italianas). (Na verdade o paizinho está noivo da D*lia, por isso daqui a nada vou ter uma madrasta.  Continuo sem saber da mãezinha.. pode ser que um dia a reencontre… )

Ainda segundo Homero, ela (Afrodite) foi conduzida à ilha por Zéfiro e entregue às Horas, para que estas cuidassem de sua educação. Daí, portanto, o seu culto ter se originado em Chipre, estendendo-se depois a Esparta, Corinto e Atenas, e tendo como símbolos a pomba, a romã, o cisne e a murta. Conhecida como a deusa da beleza e dos prazeres, mãe dos Amores, das Graças, dos Jogos e dos Risos, ela foi dada como esposa a Hefesto (Vulcano) (tive que fugir deste tipo e refugiar-me no SL), o coxo deus do fogo e o mais feio dos imortais, mas foi-lhe infiel muitas vezes, envolvendo-se em aventuras amorosas com Ares (Marte) (quem sabe um dia um amigo colorido), o deus da guerra, com quem teve os filhos Eros (Cupido), Harmonia, além de Deimos e Fobos (o Terror e o Medo); com Hermes (Mercúrio), que lhe deu Hermafrodito; com Dionísio (Baco), pai de Príapo; e outros amantes mortais, entre os quais Anquises, um pastor troiano com quem ela gerou Enéias, e o seu amor mais constante, o jovem Adônis, célebre por sua beleza, que acabou sendo morto pelo deus Ares (pfff… já não quero nada com este) metamorfoseado em javali, porque este não se conformava com o fato de ter sido trocado por um simples mortal . Revela a lenda que consumada a tragédia, Vênus tomou o corpo do seu amante nos braços e, após chorar sua morte, transformou-o em anêmona, uma bela e efêmera flor da primavera. [Na verdade tenho muitos amigos coloridos e parceiros de dança… (que sabem quem são ;)… SL gaijo… é só um e ele também sabe quem é  ;)  (é sempre bom dar graxa, né?😛 )]

[A Afro do SL tem ainda uma filhota linda (menina da mamã) chamada Sunflower, uma manita perdida que reencontrou há pouco tempo chamada Anasetha (separadas em crianças, a mana emigrou para os States… mas vá lá ficaram ambas com o nome dos pais adoptivos)  e também há pouco encontrou o Nuno, que ao que tudo indica, deve ser irmão gémeo. ]

Conhecida por diversos nomes (Cipres, Ciprina, Pafia, Citeréia, Anadiômene – que significa saindo das águas – e Dionéia, como sua mãe), Afrodite tinha um temperamento irascível. Além disso, era vingativa, valendo destacar, nesse aspecto, sua intolerância quanto a outra mulher se considerar tão bela quanto ela, razão pela qual punia não apenas as mortais que pensassem dessa maneira, mas principalmente as que realmente possuíssem tal beleza (vaidosa posso ser, mas o resto é mesmo tanga…). A deusa carregava consigo um cinturão mágico de grande poder sedutor, cujo nome era Cestus, do grego kestós, que significa picado, bordado. Este cinto tinha a propriedade de inspirar o amor, e os efeitos dessa paixão eram irresistíveis (não sei de nada… estou à espera que alguém me ofereça… lol). Uma outra variante diz que Afrodite possuía uma fita bordada de desenhos variados que ela usava cingindo o seio, e nela residiam todos os encantos, como a ternura, o desejo e a conversação amorosa e sedutora, qualidades que enganam o coração dos mais sábios (hum… isto será verdade? Tenho de confirmar pela skin ou tatuagem😉  . Inúmeros templos foram consagrados à sua celebração, entre os quais o da ilha de Chipre, em Amafonte, em Pafos e na ilha de Citera.  As lendas freqüentemente a mostram ajudando os amantes a superar todos os obstáculos. À medida que seu culto se estendia pelas cidades gregas, também aumentava o número de seus atributos, quase sempre relacionados com o erotismo e a fertilidade. 

Suas festas, celebradas por toda a Grécia, especialmente em Atenas e Corinto, eram chamadas de afrodisíacas (Será?), e o sexo praticado com suas sacerdotisas, consideradas prostitutas sagradas, um meio de adoração e contato com a deusa (isso já não sei…o Tagus nunca foi um clube de meninas). Porém, com o passar do tempo, a substituição da religiosidade matriarcal pela patriarcal fez com que Afrodite passasse a ser vista como uma deusa frívola e promíscua, em decorrência de sua liberalidade sexual (lá estão os gaijos outra vez a estragar a festa … desmancha prazeres :S ) .

Deusas relacionadas

Afrodite tem atributos comuns com as deusas Vénus (romana), Freya (nórdica), Turan (etrusca), Ishtar (mesopotâmica), Inanna (suméria) e com Astarte (mitologia babilônica).

[Pelos vistos a Mitologia Hindu não foi para aqui chamada :D]


Ilustração – O Nascimento de Vênus, de William-Adolphe Bouguereau
Origem: adaptado de Wikipédia, a encilopédia livre.
afrodite

6 Responses to “O significado duma Deusa – mitos e verdades”

  1. Blue(Angel) Says:

    Bem, isto é uma verdadeira aula de história, mas mais interessantebque da escola. E eu até gosto imenso de história!!!

  2. pedrofpetrov Says:

    Bela história essa da mítologia grega! da (afro) claro, eu não sou nenhum deus nem anjo, mas já tenho uma deusa (ela sabe quem é).

    be cool.

  3. ElectroescadaS Says:

    Uau, se até aqui já tinha uma paixão escondida pela Deusa, então com esse historial até fico arrepiado…

    Se me identificar como Marte (Deus da Guerra) será que tenho hipóteses?

  4. charllie Says:

    Sem comments… muito bacano!

  5. Afro Says:

    Também eu adoro história, sobretudo mitologia (vê-se, né?)

    😉 Electro: ” envolvendo-se em aventuras amorosas com Ares (Marte) (quem sabe um dia um amigo colorido), o deus da guerra, com quem teve os filhos Eros (Cupido), Harmonia, além de Deimos e Fobos (o Terror e o Medo);”…

    e

    “…e o seu amor mais constante, o jovem Adônis, célebre por sua beleza, que acabou sendo morto pelo deus Ares (pfff… já não quero nada com este) metamorfoseado em javali, porque este não se conformava com o fato de ter sido trocado por um simples mortal . Revela a lenda que consumada a tragédia, Vênus tomou o corpo do seu amante nos braços e, após chorar sua morte, transformou-o em anêmona, uma bela e efêmera flor da primavera.”

    Estes dois excertos respondem à tua questão? É melhor escolheres outro Deus😉

  6. O significado duma Deusa - mitos e verdades « O blog da Afro Says:

    […] Fevereiro 29, 2008 O significado duma Deusa – mitos e verdades Posted by Afro under Uncategorized | Tags: Afro, Afrodite, Ares, mitologia, mitologia grega, mitologia romana, second life, Vénus, Wikipedia |   Esta é a re-edição do post publicado a December 10, 2007. […]


Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: